Física Fábris: uma sala de aula sem fronteiras

É possível contabilizar quantos alunos passam pela vida de um professor? As listas de presença podem até ajudar a contagem em sala de aula. Para o professor  Fabrício Scheffer, porém, esse número vai além do que uma sala física de qualquer tipo de material possa comportar: são mais de 200 mil alunos, ou melhor, seguidores, somente no seu canal no YouTube, chamado Física Fábris. O TEDxUnisinosSalon abriu as portas para acolher e difundir a experiência inspiradora do professor.

Lecionar nas escolas exige tempo, dedicação, atualização dos conhecimentos e muito trabalho extraclasse. Então, por que estender essa atuação para rede mundial de computadores? “Para atender o antigo sonho de mudar o mundo. Parece besteira e não é um sonho pequeno, mas muito comum entre professores recém-formados”, explicou o professor.

O speaker Iniciou a carreira em sala de aula em 1996 e, já naquela época, conseguia observar que o entusiasmo de mudar o mundo já não era mais uma realidade para os professores no final de carreira. Para ele, porém, a decepção chegou antes. O professor ficou desempregado, desistiu da profissão, chegou a cursar Direito, mas ainda não tinha recuperado o brilho no olho e nem o sucesso no mercado de trabalho que desejava. Em 2012, entre uma aula de Física extraclasse outra (para antigos alunos e outros indicados por eles), descobriu o YouTube, que derrubaria as barreiras do seu conhecimento e faria conexões entre alunos pelo mundo afora.

A dinâmica era simples, “eu preparava a câmera do celular e colocava para gravar as aulas. Depois eu deixava o material disponível no canal do YouTube para acessarem quando necessário”, detalhou. O alcance das aulas surpreendeu Fabrício que, em pouco tempo, contava com seguidores de muitos  países, com línguas e costumes diferentes.  Não somente o alcance, mas o feedback dos alunos virtuais motivaram o professor a continuar, aperfeiçoar e alçar voos ainda mais altos. “Eu vi novamente que poderia mudar o mundo quando percebi que poderia ser professor e compartilhar conhecimento, inovando as ferramentas de ensino. Passei a fazer a diferença na vida das pessoas que não tinham acesso ou que encontraram nas minhas aulas uma forma diferente de aprender. Foi isso que devolveu o meu brilho no olho”, declarou. No final do talk, evocou os participantes, “e vocês, o que farão para mudar o mundo?”, encerrou.

TEDxUnisinosSalon em movimento

O TEDxUnisinosSalon ocorre três vezes por ano. A próxima edição, sobre Saúde, está prevista para o mês de junho, mas ainda não tem data definida. Já o TEDxUnisinos 2017 já pode ser marcado na agenda: será no dia 28 de outubro, no Teatro Unisinos, no campus Porto Alegre. As informações sobre inscrição e serviços serão divulgadas assim que definidas.

Deixe um comentário


IMPORTANTE!
Para enviar o comentário, você precisa resolver um simples cálculo (Nós precisamos saber se você é realmente humano ) :D

Quanto é 5 + 13 ?
Please leave these two fields as-is: