Uma grande dupla de criadores de jogos

Gustavo Trein da Luz e Arthur Cardoso de Souza serão dois dos palestrantes do TEDxUnisinosSalon, que ocorre dia 11 de dezembro na Unisinos Porto Alegre. Com a ajuda de professores da Escola Municipal Irmão Weibert, em São Leopoldo, e com a parceria da Secretaria de Educação da cidade, os estudantes criaram um jogo com o software Scratch para conscientizar os estudantes a proteger o meio ambiente e diminuir a poluição.

Ligado em programação e desenvolvimento de personagens, o jogo consiste em recolher o lixo espalhado pela escola e encontrar a lixeira no final do jogo. Quem juntar mais lixo e chegar na lixeira primeiro, ganha. Em um primeiro olhar, a premissa pode parecer simples, mas a lição de sustentabilidade que o game trouxe para as crianças é bem mais complexa.

A dupla investe em tecnologia e jogabilidade simples para disseminar ideias de conscientização através do TEDxUnisinosSalon. O avatar de Gustavo é um dragão e de Arthur um morcego, uma dupla improvável para a vida real. Mas quando o assunto é amizade, os dois não se desgrudam, nem mesmo na apresentação do dia 11, que será em dupla. Cheios de ideias e com os sonhos e a criatividade natural de toda criança, eles prometem desafiar o público a alinhar educação e tecnologia, através de uma brincadeira.

Criador de histórias

Games, Youtube, tablet e tecnologia fazem parte da rotina de Arthur Cardoso de Souza. O garoto de 10 anos adora brincar com os amigos, inventar histórias, assistir filmes, andar de bicicleta e jogar bola, mas atualmente são os games e a preservação com o ambiente que ocupam grande parte da sua vida. “Eu acho importante falar sobre o ambiente. São Leopoldo ainda está precisando que a gente cuide mais da nossa cidade, porque muita gente coloca lixo nos rios e ela está bem feia por causa da poluição”, explicou Arthur.

Mesmo que seu sonho de vida seja trabalhar com cinema, ele lembra que a primeira vez que ouviu sobre o projeto ficou entusiasmado, pois viu que ele poderia aprender bastante com o Scratch. Se durante a programação foram necessários vários testes e muita paciência, Arthur também diz que com a ajuda do amigo Gustavo tudo deu certo.

Guri da tecnologia

Gustavo Trein da Luz, ao contrário do que possa se esperar de crianças de sua idade, gosta mesmo é de estudar matemática. Aos nove anos, ele reclama da falta de tempo e espaço para jogar futebol. Mas não se apega muito à ideia do esporte, pois passa parte do tempo em frente ao computador, com o melhor amigo, Arthur, criando e programando o jogo de Scratch. O pequeno se apegou à ideia do jogo pois adora passar seu tempo com seus amigos, pensando no game e na matemática envolvida nele.

Deixe um comentário


IMPORTANTE!
Para enviar o comentário, você precisa resolver um simples cálculo (Nós precisamos saber se você é realmente humano ) :D

Quanto é 15 + 12 ?
Please leave these two fields as-is: