Rafael Parente – Canais de aprendizagem

 

Rafael Parente estará no TEDxUnisinos para falar sobre como as novas tecnologias poderão possibilitar a verdadeira personalização do processo de aprendizagem

Rafael Parente é um empreendedor inovador na educação. Primeiro porque criou o Educopedia, um recurso educacional que pode ser usado por jovens e crianças do Rio de Janeiro, mas que serve como inspiração para todo o país. A ideia do Educopédia é combinar o conteúdo com novas formas de aprender e tecnologia. Unidos, os três possibilitam que os estudantes possam avançar em disciplinas em seu próprio ritmo, mas o mais rápido possível. “Estava ajudando minha mãe – que é professora aposentada – a criar uma aula sobre frações para levar seus alunos para o laboratório de informática da escola onde trabalhava. Depois de terminar, tive a ideia de criar uma plataforma com aulas já prontas”, contou Parente.

O segundo motivo que torna Rafael tão importante para a área de educação é o Rioeduca, um portal feito para e por quem sonha com uma educação pública de excelência no Rio de Janeiro. “O Rioeduca é feito para e por professoras e professores, diretoras e diretores, coordenadoras e coordenadores, merendeiras, servidores da limpeza, familiares e todos aqueles que acreditam no salto da qualidade da educação pública da cidade. Aqui o educador carioca tem a oportunidade de divulgar seus trabalhos, trocar experiências e expor suas opiniões que alcançam qualquer usuário que as acesse”, disse. (N9S3)

Ele vai apresentar os dois projetos e mostrar como novas tecnologias podem possibilitar a verdadeira personalização do processo de aprendizagem no TEDxUnisinos. “Inovação na educação é criar novas ferramentas e processos que possibilitem a melhoria do processo educacional em seu sentido mais amplo, na transformação e melhoria constante da pessoa, no desenvolvimento de todas as suas capacidades”, concluiu.

O TEDxUnisinos acontece no dia 29/11, no Centro de Eventos da Fiergs.

Assista ao talk aqui:

embedded by Embedded Video

YouTube Direkt

*Rafael Parente inicia sua apresentação afirmando que estamos em uma era de instabilidades e rupturas, e que entre 10 e 20 anos conseguiremos ter um sistema que funcionará como o “cérebro da educação”, com o objetivo de gerenciar o conhecimento. Esse sistema vai contar com inteligência artificial, e buscará auxiliar nosso entendimento sobre o conhecimento. Ele relatou que é preciso entender quais são as competências e habilidades que já temos, e o que ainda precisamos desenvolver.

Foto: Rodrigo Blum

Ele diz que é preciso estar conectado para aprender, para conseguir criar nossas identidades. Nossas redes sociais virtuais ou sociais, influenciam no que acreditamos, por isso, é importante estarmos conectados, e nós brasileiros, temos essa facilidade.

O primeiro palestrante do dia no TEDxUnisinos, apresentou o sistema de ensino que coordena  e suas experiências na cidade do Rio de Janeiro, a Educopédia. Rafael afirma que a informação deve ser organizada e analisada, para que seja transformada em conhecimento. Segundo ele, as novas ferramentas tecnológicas podem ser utilizadas para aprendizagem de ruptura, que acaba com a distinção entre educação formal e informal.

Ele coloca que a internet é o caos e não há mais controle sobre a produção ou consumo de conhecimento, e por isso acredita que os sistemas de informatização podem contribuir para essa organização do conhecimento. Ele apresentou um vídeo da plataforma de aulas digitais onde os alunos conseguem assistir  a qualquer momento  o que eles precisam e querem aprender. O palestrante mostrou em vídeo as experiências dessa tecnologia no ensino público com personalização no processo de aprendizagem.

A plataforma de aulas digitais é colaborativa, e os professores podem utilizar o material disponibilizado com explicação de determinado assunto nas suas aulas. Esse material é atualizado pelos professores chamados “educopedistas”, de acordo com a proposta pedagógica da Secretaria Municipal. A avaliação dos alunos é personalizada conforme seu desenvolvimento.

Parente também apresenta o modelo GENTE, que começará a ser utilizado em 2013, onde o objetivo é humanizar o processo de aprendizagem. Seus cinco pilares são: Personalização completa do processo formativo; Aprendizagem precisa ser ativa; Avaliação baseada em competência se habilidades; Uso de novas tecnologias levadas ao extremo; Currículo expandido de acordo com o projeto de vida.

Os resultados obtidos por meio da experiência com a Educopédia são positivos, e Rafael finaliza sua apresentação deixando a mensagem que devemos criar ferramentas que possam melhorar o processo de educação e aumentar a humanização e qualidade do ensino.

Rafael Parente é mestre em Gestão da Educação e doutor em Educação Internacional e desenvolvimento. Fundou a Rio Educa, a maior rede de educação municipal da América Latina. Foi coordenador do programa Conecta, maior programa de inclusão digital do país.

*Texto: Camila Barths

 

Quer saber mais sobre os demais talks? Clique aqui.